Barra de menu

Escolhendo o Melhor Horário de Ônibus para Viajar

ECONOMIZE TEMPO E DINHEIRO EM VIAGENS NOTURNAS DE ÔNIBUS PELO BRASIL OU NO EXTERIOR


Foto: limadelivery.info
Se você estiver montando um roteiro de viagem cujo itinerário prevê longos deslocamentos entre cidades, uma opção que merece ser considerada são as linhas de ônibus noturnas, pelo fato de oferecerem duas ótimas vantagens: economia de tempo e de dinheiro.

Especialmente atrativas no caso das viagens de orçamento restrito, as passagens de ônibus noturnas permitem que você eventualmente deixe de arcar com hospedagens, o que no fim das contas pode tornar sua viagem muito mais barata. Além disso, se o fator tempo também for algo crítico no seu roteiro, uma viagem noturna torna-se ainda mais atrativa por permitir uma otimização do seu cronograma de viagem. Ao viajar durante a noite, você acaba “matando” longos deslocamentos enquanto dorme, deslocamentos que, em outra situação, ocupariam horas preciosas do seu dia, reduzindo assim seu tempo de visitação em cada cidade.

Qual ônibus pegar então? Será que devo partir para as viagens noturnas sempre que possível? Caso ainda restem dúvidas sobre a melhor forma de aproveitar as vantagens dos ônibus noturnos, vamos agora analisar alguns critérios que devem ser considerados nessa decisão:


Para quem compensa


Sejamos francos: de nada adianta falar em economia se você for uma pessoa com dificuldades para dormir em qualquer lugar que não seja a sua cama de estimação. Mas mesmo que uma poltrona de ônibus não venha a lhe proporcionar a melhor noite de sono da sua vida, você deve pelo menos ser capaz dormir o suficiente para sentir-se bem na manhã seguinte, caso contrário o tiro sairá pela culatra e seu dia acabará inutilizado de qualquer forma.


Quando considerar uma viagem noturna


Existem situações que devem ser levadas em conta na decisão sobre embarcar ou não em viagens noturnas, já que algumas condições contribuem negativamente e outras positivamente para a qualidade da experiência. Por exemplo, uma viagem de ônibus certamente será mais agradável se o passageiro ao seu lado for seu/sua companheiro(a), afinal, se é para passar a noite dividindo um espaço e meio metro quadrado, melhor que seja com alguém bem chegado. Vejamos outras condições favoráveis às viagens noturnas:

  • Deslocamentos longos e sem atrativos: Viajar dormindo é uma ótima maneira de escapar do tédio durante aquelas viagens intermináveis e sem absolutamente nada de interessante para se ver pela janela.
  • Viagens diretas ou com poucas paradas: Nada mais chato que os famigerados ônibus “pinga pinga”, onde o sobe e desce de pessoas, as luzes acendendo a todo momento e o falatório constante insistem em lhe manter acordado.
  • Viagens em estradas boas: Prefira os itinerários que transitem por grandes rodovias, normalmente menos sinuosas e em melhor estado. Não precisa ser necessariamente uma Autobahn Alemã, mas que pelo menos seja algo que não faça o ônibus ir sacolejando feito carroça no sítio. 
  • Agenda leve para o dia seguinte: Por melhor que seja seu relacionamento com as poltronas dos ônibus, o ideal é não emendar uma viagem noturna com aquele super trekking já na manhã subsequente.

Escolha as empresas de ônibus certas


Obviamente, um ônibus confortável é pré-requisito obrigatório para que você possa tirar proveito das vantagens de uma viagem noturna, pois ele vai lhe permitir chegar “inteiro” ao destino, justificando assim a economia realizada. Portanto, evite ônibus antigos ou mal conservados sempre que puder. Prefira as empresas renomadas, que via de regra possuem os melhores veículos e os motoristas mais bem preparados e descansados.

Além disso, se você for um pouco mais sensível a condições adversas ou primar pelo conforto, procure por classes mais sofisticadas de serviço, cujos padrões logicamente variam de país para país, ou até mesmo de região para região. No Peru, por exemplo, existem ônibus leitos de dar inveja a muita cama de hostel por aí, alguns inclusive com poltronas que reclinam 180 graus e transformam-se em verdadeiros dormitórios. Ironicamente, a maioria dos países da Europa costumam ser muito mal servidos nesse quesito.

Ônibus leito de uma empresa peruana. Tá bom pra você? 
Foto: excluciva.com.pe

Sempre que possível, procure comprar passagens de ônibus on-line e com boa antecedência, o que vai lhe garantir a escolha dos melhores lugares. Duas empresas de ônibus nas quais já usei este recurso foram a Cruzdel Sur no Peru e a Eucatur aqui no Brasil. Depois de realizar a compra, basta imprimir o voucher que será trocado pela passagem no guichê da rodoviária pouco antes do embarque. Uma mão na roda!


Quando viajar à noite não é uma boa ideia


Use seu bom senso para avaliar o cenário. Apesar do atrativo da economia de tempo e de dinheiro, embarcar em uma viagem noturna pode não valer a pena em algumas circunstâncias. Para não entrar em uma roubada, procure fugir destas situações:

  • Ônibus ruins: Ônibus antigos, mal conservados ou básicos demais – é insônia na certa! Você vai chegar cansado no destino e não vai conseguir aproveitar seu dia.
  • Viagens curtas: Se o percurso tiver menos que 6 horas de duração, talvez valha mais a pena encará-lo durante o dia, caso contrário, provavelmente o embarque ou a chegada se darão no meio da madrugada.
  • Estradas perigosas: Percursos muito sinuosos ou mal conservados, aliados à visibilidade reduzida de uma condução noturna são verdadeiros convites a problemas, lembrando que um acidente de ônibus é a última coisa que alguém precisa durante as férias. Além do mais, dependendo de onde você estiver, algumas regiões podem eventualmente apresentar histórico de assaltos a ônibus, sempre mais propensos durante a noite. Procure se informar sobre isso.
A estrada da morte, como ficou conhecido o caminho que liga La Paz a Coroico, na Bolívia. Melhor evitar!
Foto: thelovelyplanet.net

Dicas para tornar sua viagem de ônibus mais confortável


Pois bem, tomada a decisão de encarar uma viagem noturna de ônibus, cabe agora observar algumas dicas preciosas, capazes de fazer toda a diferença entre uma viagem agradável e um verdadeiro martírio:
  • Dentro de um grupo de 45 passageiros, as chances de não haver nenhuma pessoa roncando feito escapamento desarranjado ou criança chorando no meio da noite são quase nulas. Por outro lado, as chances de encontrar vários exemplares de cada espécie já são muito maiores. Portanto, nunca embarque sem um bom protetor auricular (os de espuma moldável são os mais confortáveis). Inclua também no seu “kit conforto” um tapa-olho e um travesseiro inflável.
Nunca embarque no ônibus sem o seu “kit conforto”

  • Por alguma razão que a ciência não explica, empresas de ônibus com ar condicionado tendem a assumir que seus passageiros têm especial apreço por temperaturas glaciais. Leve sempre a bordo um pequeno cobertor ou saco de dormir.
  • Lembre-se de não ingerir muito líquido para depois não precisar ficar levantando a cada 10 minutos para ir ao banheiro.
  • Escolha o assento da janela para não ser incomodado caso seu vizinho não tenha observado o conselho anterior.
  • Evite coxinhas de rodoviária ou similares, preferindo alimentos leves e de procedência segura. Além disso, seja também solidário com os demais passageiros, procurando não infestar o ambiente inteiro com o aroma do seu lanchinho!
  • Por fim, justiça seja feita: em termos de otimização do tempo em viagens, os aviões continuam imbatíveis. Então não custa ficar atento, pois apesar desta normalmente ser uma opção bem menos econômica, sempre existe a possibilidade de surgir por aí alguma passagem aérea promocional

E você, também costuma fazer longas viagens de ônibus? Como lida com elas? Deixe um comentário e compartilhe conosco suas experiências! 


GOSTOU DA POSTAGEM?
Clique nos botões abaixo e contribua para a valorização deste conteúdo. Obrigado pelo apoio!

DEIXE UM COMENTÁRIO!
Suas impressões e opiniões são bem vindas. Veja a política de comentários.

Sobre o Autor:
Robson Dombrosky , engenheiro, motociclista e aventureiro. Um viajante deveras curioso, que sempre percorre seus destinos munido de um bloco de notas e de uma bela câmera fotográfica.

6 comentários :

  1. "ônibus sacolejando feito carroça de circo" - kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Bons tempos de minhas viagens de 12 horas de Recife para Petrolina.

    Aqui em Pernambuco, as viações não ligam o ar-condicionado em "Temperaturas Glacias".
    Ou talvez instalaram o ar do lado de fora do ônibus, pois dentro é um calor dos infernos.

    Mas concordo! Viajar a noite é a melhor opção. O tempo passa rápido e você aproveita o dia inteiro quando chega ao destino. Gostei muito do blog.... adicionei no favoritos!
    T+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é colega, encontrar uma empresa que realmente saiba acertar uma regulagem adequada do ar condicionado parece ser um dos grandes desafios da viação mundial. E obrigado pelo voto de confiança ao adicionar o blog aos favoritos, volte sempre então!

      Excluir
  2. Já viajei muito pela América do Sul via terrestre. Os melhores países são Argentina e Chile.
    Sua estradas são excelentes e os ônibus são de primeira.
    Fiz muita viajem á noite e assim consegui ganhar muito tempo, pois os " coche camas" são ótimos para dormir e viajar.
    Eu recomendo essa aventura.
    Boa sorte
    Ailton Nietto - Santo André - Brasil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Ailton, as estradas desses países costumam ser em geral bastante boas. E no quesito ônibus, me surpreendeu muito a peruana Cruz del Sur, as viagens longas tinham até "rodomoça" servindo lanches!

      Excluir
  3. Eduardo Silva09/12/2015 17:41

    Alguém sabe me dizer porque o preço da passagem muda conforme o itinerário? Pesquisei no www.queropassagem.com.br e vi que os preços alteram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo, você não entrou em detalhes sobre seu questionamento, de qualquer forma, o preço final de uma passagem sempre é resultado de uma série de fatores, alguns mais evidentes, outros nem tanto.

      Excluir