Barra de menu

Os Andes da Bolivia e suas Montanhas Coloridas

LAGUNAS VERDE E COLORADA: Viagem à Bolivia – parte 9


Extremo sul da Bolivia, na região do altiplano próximo à Cordilheira dos Andes. Aquele dia tinha começado muito cedo para nós, ainda antes do sol nascer, quando partimos do Salar de Uyuni a bordo de um Jeep Toyota 4x4. Percorrendo o deserto de Lipez e suas montanhas coloridas, seguíamos agora cada vez mais ao sul do país, já nos aproximando da fronteira com o Chile. Pela janela do carro, um cenário surpreendente, um território vasto, inóspito e selvagem.


arbol de piedra em lipez bolivia
Foto 204 – Ainda era de manhã quando passamos junto a Arbol de Piedra (árvore de pedra) um bloco de rocha caprichosamente esculpido pelos ventos do deserto ao longo de milhões de anos.

Reserva de Fauna Andina Eduardo Avaroa
Foto 205 – Logo em seguida chegamos ao posto avançado da Reserva de Fauna Andina Eduardo Avaroa, região de preservação onde se encontram algumas das joias mais bonitas do altiplano boliviano. 

laguna colorada
Foto 206 – Uma delas é a Laguna Colorada, um lago que adquire esta cor vermelha devido aos microorganismos presentes na sua água. Nas margens brancas e brilhantes, grandes quantidades de minerais como sódio e magnésio.

laguna colorada em sud lipez bolivia
Foto 207 – O lago é extenso, mas tem menos de 1 metro de profundidade.
Durante as madrugadas de inverno chega a fazer -20 oC nesta que é uma das partes mais frias da Bolívia.

sol de manana lipez bolivia
Foto 208 – Depois do almoço em um refúgio junto à Laguna Colorada, seguimos pela estrada até avistarmos uma placa de advertência: estávamos em área de atividade vulcânica.

geiser em sol de manana bolivia
Foto 209 – O aviso nem era necessário. Um jato de vapor saindo do chão já tinha dado o recado com evidências suficientemente claras.

sol de manana em lipez na bolivia
Foto 210 – O lugar é conhecido como Sol de Mañana.Trata-se de um campo geotérmico a quase 5.000 metros de altitude. 

lama fervendo em sol de manana lipez
Foto 211 – Por toda a parte o que se vê são buracos cheios de lama borbulhante, verdadeiros caldeirões em ebulição. No vapor expelido, o cheiro característico de enxofre.

banho termal na bolivia
Foto 212 – Em outra parada do passeio, pausa para banho em uma pequena piscina que acumula água mineral a agradáveis a 29 oC. Problema foi sair dali.

montanhas coloridas na bolivia
Foto 213 – E que tal a vista da banheira? Só faltou servirem um coquetel de frutas.

Foto 214 – Banho tomado, seguimos rumando ao sul. A essa altura já estávamos bem próximos da fronteira com o Chile.

montanhas coloridas em sud lipez bolivia
Foto 215 – Segundo um dos motoristas, traficantes de drogas costumam submeter-se a duras jornadas pelo deserto, cruzando a pé essas montanhas para chegarem até o Chile.

laguna verde bolivia
Foto 216 – No ponto mais meridional da Bolívia chegamos à belíssima Laguna Verde, aos pés do Vulcão Licancabur, exatamente onde eu havia estado dois anos antes durante uma viagem de moto ao deserto do Atacama. Nostalgia!

lagunas no altiplano boliviano
Foto 217 – Outro lago colorido, avistado já durante o retorno. Muitos se mantêm em estado líquido mesmo à temperaturas negativas, devido à elevada carga de minerais e ao forte vento que movimenta continuamente suas águas.

estrada no deserto boliviano de sud lipez
Foto 218 – A tarde já ia avançando e era hora de voltar à Laguna Colorada, junto da qual passaríamos uma noite gelada.

Foto 219 – No dia seguinte bem cedo iniciamos o caminho de volta. Logo no início do trajeto encontramos este grupo de alpacas pastando junto a um riacho congelado, totalmente alheias ao frio intenso da manhã.

lhama ou alpaca
Foto 220 – Só mesmo com um casaco de lã desse calibre para suportar as baixas temperaturas da Cordilheira dos Andes, onde esses animais são normalmente encontrados.

Foto 221 – As alpacas têm um porte um pouco menor que as suas parentes lhamas. Essas aí são domesticadas e por isso menos ariscas, permitindo minha aproximação para fotos em close.

lhama
Foto 222 – Fotogênicas por sinal, parecem bem à vontade, exibindo para a câmera seus adornos coloridos.

Foto 223 – Em certo ponto do caminho, eis que surge um minúsculo povoado. Fazemos então uma parada estratégica para aquisição de itens de primeira necessidade: papel higiênico e água.

chegando no valle de rocas em lipez bolivia
Foto 224 – Não muito longe dali, o motorista toma um desvio e ingressa em uma passagem estreita, rodeada por encostas de pedra. 

valles de rocas
Foto 225 – Chegamos assim aos Valles de Rocas (Vales de Rochas), um cânion de formações rochosas bizarras, provenientes de antigas erupções vulcânicas. 
  
valles de rocas em lipez bolivia
Foto 226 – Parte de baixo do cânion, onde os carros ficaram estacionados.

guanacos ou vicunhas
Foto 227 – Não havia o menor vestígio de presença humana para onde quer que olhássemos. Pequenos grupos de animais pastavam tranquilamente.

Foto 228 – Almoço itinerante à sombra do Jeep, logo antes de retomarmos a viagem de volta até a pequena cidade de Uyuni, encerrando a aventura que havia iniciado dois dias antes.

excursao no deserto da bolivia
Foto 229 – E assim se completava um belo e memorável passeio de três dias pela região desértica de Sud Lipez no extremo sul da Bolívia, um lugar selvagem, inóspito e isolado. Ao mesmo tempo, uma região deslumbrante como poucas no mundo. 

GOSTOU DA POSTAGEM?
Clique nos botões abaixo e contribua para a valorização deste conteúdo. Obrigado pelo apoio!

DEIXE UM COMENTÁRIO!
Suas impressões e opiniões são bem vindas. Veja a política de comentários.

Sobre o Autor:
Robson Dombrosky , engenheiro, motociclista e aventureiro. Um viajante deveras curioso, que sempre percorre seus destinos munido de um bloco de notas e de uma bela câmera fotográfica.

5 comentários :

  1. Parabéns Robson.
    Informações e fotos (expetaculares) muito pertinentes. Serve-me de guia já que estou de viagem para esta região entre os dias 15 a 28/9.
    Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Fernando, não deixe mesmo de visitar essa incrível região da Bolívia, é ver pra crer!

      Excluir
  2. Nossa Robson, voce é uma pessoa que tao jovem ja realizou viagens fantasticas! as fotos sao espetaculares, da mesmo vontade de conhecer, as dicas serao bastante uteis para os futuros viajantes. obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amelia, se as fotos estão lhe dando vontade de conhecer os lugares, então significa que estão cumprindo seu objetivo, que é justamente o de inspirar outros viajantes! Que bom!

      Excluir