Barra de menu

Montevideo, Punta del Leste e Colonia

VIAGEM DE MOTO AO DESERTO DO ATACAMA NO CHILE - PARTE 1


Pois bem, cá estou de volta, após esta aventura solo por cinco países da América do Sul. Uma viagem bastante aguardada, onde um pouco de quase tudo aconteceu (como era de se esperar). Passei por apertos, incluindo um belo tombo no meio do deserto, em local sem absolutamente nenhum sinal de presença humana em um raio de pelo menos 200 km. Mas passei também por lugares incríveis, contemplei paisagens que me roubaram o fôlego da mesma forma que o ar rarefeito da montanha, rodei por estradas de todos os tipos, encontrei pessoas e culturas das mais variadas, além de diversos outros viajantes, turistas e aventureiros, cada um com uma história diferente para contar.

viagem de moto ao deserto do atacama no chile


A seguir está o mapa do trajeto percorrido. Foram 22 dias e 8.200 km com minha Yamaha XT 600, passando por Uruguai, Argentina e Chile, além de trechos menores no Paraguai e na Bolívia. Fiz centenas de fotos e vídeos, tentei anotar cada detalhe da viagem. Enchi um caderno com os acontecimentos diários, com as impressões sobre cada lugar e também com um pouco do que passava pela minha cabeça durante as longas horas de pilotagem em estradas praticamente vazias. Ainda não sei exatamente o que vai ser feito disso, mas o certo é que ainda vai levar um tempo considerável até que eu consiga organizar todas as informações e editar os vídeos. Por enquanto vou postando aqui algumas das fotos da viagem, mais ou menos na ordem em que foram feitas. Vamos a elas!


mapa de viagem de moto ao atacama

viagem de moto - reserva do taim
Foto 001 - Já no extremo sul do Brasil, em direção ao Chuí, atravessando a reserva ecológica do Taim. O limite de velocidade aqui é 60km/h, para evitar o atropelamento de eventuais pedestres.

viagem de moto - revoada de passaros na reserva do taim
Foto 002 - A reserva do Taim abriga animais silvestres dos mais variados, como jacarés, lontras, capivaras, ratões-do-banhado, além de lobos marinhos e aves aquáticas de várias espécies.

viagem de moto - fortaleza de santa tereza no uruguai
Foto 003 - Já no Uruguai, pouco depois da fronteira com o Chuí está a Fortaleza de Santa Teresa.

viagem de moto - forte de santa tereza
Foto 004 - Ela foi construída durante a época das disputas entre Portugal e Espanha pela posse do sul do continente americano. Hoje está dentro de um parque, local bastante procurado para camping.

viagem de moto - estrada secundária no uruguai
Foto 005 - Saindo da rodovia principal, percorrendo o litoral uruguaio em uma estrada bem próxima ao mar, em direção a Punta del Este, o destino do primeiro dia.

viagem de moto - travessia de balsa no uruguai
Foto 006 - O caminho está interrompido por uma lagoa, onde existem restos mortais de uma ponte, mas a travessia é realizada por uma balsa financiada pelo governo

Foto 007 - A mini balsa está lá todos os dias, das 8 às 20h, de um lado ao outro da lagoa atravessando os veículos.

viagem de moto - puente leonel vieira em maldonado
Foto 008 - Maldonado, já nas proximidades de Punta del Este. Esta ponte-tobogã deve ter sido obra de algum engenheiro entediado. Acelerei forte, chega a dar um frio na barriga.

Foto 009 – Punta del Este. Praia, badalação, vida noturna agitada. Aqui muitos famosos e figurões mantém casas de verão. As fotos teriam ficado melhores se o céu estivesse azul, mas a chuva marcou presença nos dois primeiros dias da viagem.

escultura mão em punta del este
Foto 010 - Essa mão aí emergindo das areias da Playa Brava é obra de um artista Chileno. Muito apreciada por pichadores.

albergue em montevideo
Foto 011 - Em Montevidéu, alberguezinho bem simpático. Hóspedes festeiros, mas não pude me dar ao luxo de varar a noite degustando as cervejas uruguaias sob risco de comprometer as andanças do dia seguinte.

Foto 012 - Ok, só um pouquinho também não vai fazer mal nenhum!

Foto 013 - Montevidéu, Plaza Independência, no coração da cidade. O sujeito aí anda bastante grisalho, não tanto pelos traços de maturidade, mas principalmente pelos traços deixados pelos seus amigos pombos

Foto 014 - Pracinha cheia de bancas como esta, onde se vendem quinquilharias das mais variadas. Alguns ambulantes parecem comercializar os subprodutos do faxinão de fim de semana na garagem. 

Foto 015 - Turistas tentando sem sucesso passar despercebidos.

viagem de moto - churrasco parrilla uruguaio
Foto 016 - O churrasco - ou parrillada uruguaia, preparada no mercado público. Carne aqui é item de primeira necessidade.

viagem de moto - porto de montevideo
Foto 017 - Montevidéu é banhada pelo Rio da Prata, que separa o Uruguai da Argentina. Atravessei a pé uma boa parte do calçadão. Muita gente pescando, passeando, ou simplesmente tostando no sol.

Foto 018 - Apesar da grande quantidade de construções do outro lado da avenida, ao que tudo indica o mar não está poluído. O único inconveniente nessa praia é a impossibilidade de construir castelinhos de areia

viagem de moto - região portuaria de montevideo
Foto 019 - Navio se aproximando do porto.

Foto 020 – Me encolhendo para caber dentro da minúscula sombra de meio-dia, em alguns minutos de descanso depois de ter caminhado vários quilômetros pela orla.

viagem de moto -  montevideo
Foto 021 - Principal avenida de Montevidéu. Toda cidade tem a sua, mas esta certamente tem um charme especial.

viagem de moto - colonia del sacramento no uruguai
Foto 022 - Colonia del Sacramento. Cidadezinha uruguaia histórica, originalmente portuguesa, mas cedida à Espanha no século XVII, em troca das terras onde existiam as Missões Jesuíticas.

Foto 023 – Na parte mais antiga da cidade, as casas em estilo português da época dominam o cenário.

Foto 024 - Esses lampiões são marca registrada no centro histórico. Obviamente, há 300 anos não existia aquela moderníssima lâmpada ali dentro

farol colonia del sacramento
Foto 025 – Farol de sinalização para embarcações. Posição estratégica do local foi a razão para a criação da fortificação que deu origem à cidade.

viagem de moto - colonia del sacramento
Foto 026 – Ao fundo as torres da igreja, outro forte traço da arquitetura lusitana.

Foto 027 – Mediante uma contribuição singela é possível subir lá em cima, onde se tem uma visão panorâmica do lugarejo. Esteja disposto a acotovelar-se com outros turistas, pois o espaço é bastante limitado.

carro servindo como vaso de plantas em colonia del sacramento
Foto 028 - Reaproveitamento de materiais, demonstrando toda a consciência ecológica dos uruguaios. Um veículo que já não transporta ninguém, agora goza uma aposentadoria digna tendo sido transformado em um lindo vaso de flores.

Foto 029 – Fica a dica: Durante uma viagem como esta, nunca se descuide com o sol. Para evitar o câncer de pele, chapéu na cabeça e protetor solar no lombo

esperando embarque no buquebus
Foto 030 - Aguardando o embarque no navio que faz a travessia entre Uruguai e Argentina. 

viagem de moto - buquebus para travessia colonia a buenos aires
Foto 031 - Aí está ele, o Buquebus, rumando à Buenos Aires, que está a 48 km de distância. O trajeto é percorrido em três horas.

viagem de moto - por do sol em colonia del sacramento
Foto 032 - Mais um dia chegando ao fim na bela Colônia del Sacramento. A Argentina está lá do outro lado me esperando.

viagem de moto - travessia de buquebus entre uruguai e argentina
Foto 033 - Então me despeço do Uruguai. Até uma próxima!

PRÓXIMA PARTE:

GOSTOU DA POSTAGEM?
Clique nos botões abaixo e contribua para a valorização deste conteúdo. Obrigado pelo apoio!

DEIXE UM COMENTÁRIO!
Suas impressões e opiniões são bem vindas. Veja a política de comentários.

Sobre o Autor:
Robson Dombrosky , engenheiro, motociclista e aventureiro. Um viajante deveras curioso, que sempre percorre seus destinos munido de um bloco de notas e de uma bela câmera fotográfica.

10 comentários :

  1. Muito boas as fotos. Mas realmente, eu quero ver as fotos do tombo...

    ResponderExcluir
  2. Robson Dombrosky01/03/2008 13:18

    Fica tranquilo meu chapa,logo logo elas estarão aqui para você se deliciar.

    ResponderExcluir
  3. Aeee primo!!! Chegou inteirão! Gostei mto dos texto e das primeiras fotos! Lindas! Vou ficar esperando as outras!

    Laura

    ResponderExcluir
  4. Luis G. Casotti08/03/2008 09:31

    Excelente Robson!!!

    Parabéns pelas fotos e pela coragem de se jogar nessa viagem louca. Muito massa!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo excelente relato e pelas belas fotografias. Coisa de profissional!. Bom, sou do Paraná, mais precisamente do eixo Curitiba=Toledo e, tendo adquirido recentemente uma Tiger Explorer estou com três metas para os próximos anos: Patagônia; Atacama/Machu Pichu e Alaska. Sou agrônomo, atualmente assessor para captação de recursos e relações institucionais da prefeitura de Toledo e também professor da PUCPR e gostaria de agregar novos amigos para dialogar sobre aventuras futuras. Ab e boa sorte em suas cruzadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau, que metas hein Luiz Carlos! Sucesso na empreitada, qualquer coisa estamos aí! Depois conta pra gente como foi! Grande abraço!

      Excluir
  6. Boas fotos achei tudo lindo mas conta como foi as passagens nas aduanas foi simples só precisou do RG e quanto gastou nesta viegen???

    ResponderExcluir
  7. Jose, as aduanas Brasil - Uruguai - Argentina podem ser atravessadas só com o RG. Mas atenção, o documento só pode ter sido emitido a no máximo 10 anos e deve estar em ótimo estado, senão arrisca ser recusado. Os gastos infelizmente não tenho anotado comigo, mas é bem fácil estimar, dá uma olhada na internet como anda o preço da gasolina nesses países e hospedagem, vai depender muito do seu nível de exigência. Eu dificilmente pagava mais do que o equivalente a uns 20 dólares por noite.

    ResponderExcluir
  8. Vi seu blog no destaque dos Talentos Infraero. Muito legal, vou voltar para ler mais com calma...

    ResponderExcluir