Barra de menu

La Paz, uma Capital Vibrante e Colorida

CHOLAS E OUTRAS PECULIARIDADES NA CAPITAL: Viagem à Bolívia - parte 2


A cidade de La Paz marcou o início da nossa viagem pela Bolívia. Na verdade, entramos no país na madrugada do dia 14/08/10, via Santa Cruz de La Sierra. Depois de uma madrugada pouco aconchegante nos bancos do aeroporto dessa cidade, embarcamos pela companhia Boliviana Aerosur em um voo relativamente curto até La Paz.

sobrevoando a cordilheira dos andes
Foto 030 – Durante o trajeto Santa Cruz - La Paz o avião entra na região dos Andes, sobrevoando a cordilheira e passando muito próximo do topo das montanhas mais altas. Digo-lhes que foi uma das mais belas visões na categoria “janela de avião” da minha vida.

el alto bolivia
Foto 031 – O desembarque em La Paz se dá pelo Aeroporto de El Alto, uma cidade vizinha que recebe esse nome justamente por estar no alto de uma espécie de cânion formado no altiplano. 

la paz casas na encosta
Foto 032 – E foi dentro desse cânion que La Paz foi construída. A visão da cidade a partir da estrada que vem do Aeroporto é impressionante.

Foto 033 – É curioso perceber como a geografia de La Paz segrega as classes sociais: as partes mais baixas abrigam as famílias mais abastadas.

Foto 034 – Por outro lado, as bordas do cânion que cercam a cidade são cobertas por casebres de tijolo aparente. Engraçado, tenho a impressão de já ter visto esse tipo de coisa em alguma outra capital...

Ônibus de La Paz
Foto 035 – Chegamos finalmente ao centro de La Paz. A primeira coisa que chama atenção nessa vibrante  cidade são os seus ônibus.

onibus antigo de la paz
Foto 036 – À primeira vista parece complicado decifrar para onde cada um está indo, mas fizemos questão de, pelo menos uma vez, andar pelo trânsito de La Paz a bordo de um deles.

Trânsito de La Paz
Foto 037 – E por falar em trânsito... Interessante como em determinadas partes do centro praticamente não se veem carros particulares, apenas taxis, ônibus e lotações. E todos parecem simpatizar muito mais com a buzina do que com o pedal do freio.

igreja são francisco em la paz
Foto 038 – La Paz é uma capital marcada por peculiaridades, o que lhe confere uma identidade toda própria e por consequência, a torna muito atraente.

comércio de rua em la paz
Foto 039 – Devido a uma forte recessão que a economia do país enfrentou lá pelos anos 80, o comércio informal acabou ganhando muita força. Evidência disso são os mercados de rua encontrados hoje por toda parte. 

mercado la paz
Foto 040 – É difícil caminhar por qualquer rua no centro que não tenha pelo menos um vendedor ambulante. É um passeio repleto de aromas e cores. 

Chola boliviana
Foto 041 – Aromas e cores que nos fazem perceber com mais facilidade a presença indígena na cidade. 

cholas em la paz
Foto 042 – Dentre os grupos étnicos, predominam os Quechuas e os Aymaras

Foto 043 – Facilmente encontradas, as vestimentas feitas a partir da lã de alpaca e de lhama ostentam a beleza das cores e dos motivos indígenas. Também garantem o seu conforto no frio cortante dos Andes

artesanato bolivia
Foto 044 – O turista pode ainda se divertir escolhendo o melhor souvenir para a estante da sua sala.

Mercado de las Brujas em La Paz
Foto 045 – Ou pode considerar algumas mercadorias mais alternativas, tais como os fetos secos de lhama que são comercializados no mercado das bruxas, juntamente com ervas especiais e outros ingredientes utilizados nos rituais dos Aymaras. Apenas lembre-se de checar com a Anvisa a viabilidade da importação.

gambiarra
Foto 046 – Já vimos como La Paz é uma capital famosa por suas peculiaridades. Por outro lado, nem tudo precisa ser esquisito, exótico ou inusitado.

museu da coca
Foto 047 – Vejam, por exemplo, que a cidade também oferece opções refinadas de atividades culturais, como visitas a museus.

Foto 048 – Um pouco mais ortodoxo, o museu instalado no convento de São Francisco vem anexado à igreja de mesmo nome.

Foto 049 – Aí está a igreja, construída no século XVIII, principal monumento da época colonial.

Foto 050 – A mesma torre da foto anterior, avistada a partir dos corredores do museu.

vitral
Foto 051 – Imagem do padroeiro da igreja de São Francisco, em um vitral observado a partir do lado de dentro. 

Foto 052 – Sendo uma importante atração turística da cidade, a igreja está localizada em um largo bastante movimentado no centro de La Paz.

plaza murillo la paz
Foto 053 – Outro ponto muito movimentado é a Plaza Murillo, onde estão localizados os prédios do governo Boliviano, típicos de qualquer capital.

Foto 054 – PELOTÃO... SENTIDO! Não sabíamos ainda, mas aquele era o dia da Bandeira na Bolívia. Enquanto nos aproximávamos da praça, começamos a ouvir som de tambores. Chegando lá, adivinha quem encontramos?

Evo Morales discursando em La Paz
Foto 055 – O Presidente Evo Morales, é claro! Lá estava ele, discursando bem à nossa frente.

Foto 056 – Seguiu-se a isso um garboso desfile da Guarda Nacional.

Foto 057 – Intensamente ovacionado pela população em festa, cujos sorrisos patriotas eram percebidos em cada face...

Foto 058 – Passamos um dia muito agradável em La Paz. O céu azul de agosto, mesmo sem espantar por completo o frio da capital mais alta do mundo dominou absoluto durante toda nossa visita.  

Huayna Potosi
Foto 059 – No dia seguinte rumamos em direção ao nosso próximo destino. No caminho, a paisagem pela janela do ônibus era dominada pelo majestoso pico Huayna Potosi, que com seus 6.000 metros de altitude ficou lá, observando a Nustra Señora de La Paz, que agora acabávamos de deixar para trás.

PRÓXIMA PARTE:
GOSTOU DA POSTAGEM?
Clique nos botões abaixo e contribua para a valorização deste conteúdo. Obrigado pelo apoio!

DEIXE UM COMENTÁRIO!
Suas impressões e opiniões são bem vindas. Veja a política de comentários.

Sobre o Autor:
Robson Dombrosky , engenheiro, motociclista e aventureiro. Um viajante deveras curioso, que sempre percorre seus destinos munido de um bloco de notas e de uma bela câmera fotográfica.

3 comentários :

  1. Margarida Hulshof29/06/2012 21:35

    As cores intensas das fotos são devidas ao ar rarefeito da região? Ou só mesmo ao talento do fotógrafo? Parabéns, como sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente desconheço essa relação envolvendo o ar rarefeito.Tem mais a ver com a qualidade da luz e da câmera, nessa ordem de importância.

      Excluir
  2. Hmmm ta meio fora de ordem...

    ResponderExcluir