Barra de menu

Yamaha XT 600 na Estrada – Viagem de Moto à Patagônia

VIAGEM DE MOTO À PATAGÔNIA – INTRODUÇÃO 


Entre os dias 31/01 e 24/02 estarei novamente com a moto na estrada! Desta vez, o nariz apontará para o sul, rumo a um dos lugares mais austrais do continente - a Patagônia, uma vasta e quase intocada região no extremo sul das Américas.  Após a travessia do Deserto do Atacama, realizada da mesma forma em fevereiro de 2008, confirmaram-se em mim as expectativas de que este tipo de aventura poderia render bons frutos. De fato, alguns dos que colhi permanecem ainda hoje e, muito provavelmente, permanecerão comigo para sempre, ou até o fim da minha vida – o que vier primeiro, certo? Por tudo isso, mais motivado do que nunca, coloco novamente a brava XT 600 na estrada e parto em busca das mais belas imagens deste nosso continente, assim como todas as particularidades do seu extremo sul.



(Atualização) Leia o relato completo da viagem:

O plano, desta vez, é sair do Rio Grande do Sul e atravessar todo o Uruguai até entrar na Argentina pela região de Entre Rios. A partir daí, serão mais de mil quilômetros cruzando os pampas Argentinos, até a cidade de Bariloche, na Região dos Lagos.

Ingressando no Chile, pretendo percorrer uma boa parte da Carretera Austral, uma estrada quase mítica, construída durante a era Pinochet, para desbravar as regiões mais longínquas daquele país. Certamente um dos pontos altos da viagem. Novamente na Argentina, e ainda rumando ao sul, um grande desafio será outra estrada lendária, a Ruta 40, que atravessa as ermas planícies patagônicas em meio ao típico clima inóspito da região, de condições extremamente instáveis e ventos fortes.


Desta vez, porém, não apenas de moto os caminhos serão percorridos. Na bagagem irá também uma mochila, uma barraca, além de outros apetrechos necessários a uma caminhada de alguns dias dentro dos parques nacionais Los Glaciares e Torres del Paine, onde o motor movido à gasolina será temporariamente substituído pelas pernas movidas a carboidratos. Todo o esforço deve ser recompensado pelas imagens de um lugar único no planeta.


Aliás, neste quesito parto melhor equipado que no ano passado. Passo a contar com um respeitável equipamento fotográfico, uma Nikon D80, equipada com lentes 18-200mm. Não abrirei mão da pequena Canon A710, no entanto, que tão valentemente me acompanhou através das rajadas de areia do Atacama. Estará sempre ao alcance para registros de pequenos vídeos ou outras situações onde eu precise chamar menos atenção. Fica a torcida para que o clima extremo da região me conceda a bênção de alguns dias de céu azul.


Toda essa brincadeira deve resultar em algo como 10.000 km a serem percorridos em 25 dias. Na volta, a exemplo do que fiz após a travessia do deserto do Atacama, dividirei com todos as imagens e as histórias desta aventura. Agora, se me dão licença, ainda preciso terminar de ensacar as tralhas e descobrir como chegarei até o Uruguai, já que dias atrás, uma enxurrada botou abaixo algumas pontes pelo caminho...


Um abraço, e até a volta!


GOSTOU DA POSTAGEM?
Clique nos botões abaixo e contribua para a valorização deste conteúdo. Obrigado pelo apoio!

DEIXE UM COMENTÁRIO!
Suas impressões e opiniões são bem vindas. Veja a política de comentários.

Sobre o Autor:
Robson Dombrosky , engenheiro, motociclista e aventureiro. Um viajante deveras curioso, que sempre percorre seus destinos munido de um bloco de notas e de uma bela câmera fotográfica.

18 comentários :

  1. Meu, se passar aqui por perto, perca um tempinho e venha conhecer a Fase C em Candiota, mas para chegar aqui só por Caçapava, pois realmente, algumas pontes estão interditadas vindo por Pelotas.
    Boa viagem meu amigo.

    Fred

    ResponderExcluir
  2. torcendo pelo melhor na tua viagem! beijos...

    ResponderExcluir
  3. Grande Robson!
    Parabéns pela coragem e pelo espírito de aventura. Faça uma boa viagem e que Deus o acompanhe e proporcione grandes momentos e muitas outras imagens maravilhosas e, claro, muita história para podermos acompanhar depois.
    Um forte abraço do
    Velho Tio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que assim seja! As histórias e as imagens serão devidamente registradas, será um prazer compartilhar com todos vocês.

      Excluir
  4. E ai aventureiro, boa viagem nesta nova empreitada. Aguardo com ansiedade as belas imagens que costuma fazer das viagens.
    Abraço.
    André
    www.andrearcenio.com.br

    ResponderExcluir
  5. Grande Robson.. putz, perdemos de nos cruzar pelas estradas de novo.. dia 31 saí rumo ao Uruguay também, via Chuí, para aproveitar o feriado em Punta del Diablo.. voltei nessa madrugada à poa.. agora dia 20 saio para a Patagônia também, num roteiro parecido com o teu..
    Boa viagem meu amigo, te cuida por lá. Aguardamos ansiosos pelos teus relatos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Rodrigo! Que pena, afinal, se eu visse ao longe um Fiat Uno "perdido" pela Patagônia, teria certeza tratar-se de você!

      Excluir
  6. Grande Robson parabens pela nova expedicao.. torço pelo melhor e para que chegue logo para eu ler o relato... otima viagem!! um agraco.

    ResponderExcluir
  7. Dalhe primão!!!!
    Estamos todos torcendo para que tudo corra bem!!! Mal podemos esperar para ver as fotos!!!
    Bjooo

    ResponderExcluir
  8. Mariana (prima)18/02/2009 11:21

    ops, Maria o caramba ahuahha
    o nome foi sem eu deixar de completar... ^^'
    Era pra ser Mariana (óh!) xD

    ResponderExcluir
  9. e aeh Robson blz curti mt teu video massa tua viagem mt massa
    em pouco tempo eu e meu amigo Quiohara tmbm vamos por essa rota,mais ou menos,
    mas vai se de TORNADO se vc tive alguma dica pra nos manda ai
    a queria sabe se vc tem mais videos de otras viagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, infelizmente não tenho mais vídeos por enquanto, com exceção de um passeio na serra gaúcha. Desde já ótima viagem para vocês, planejem bem que vale a pena, e depois passa aqui para nos contar como foi!

      Excluir
    2. valeu por responde, pode dexa te conto como foi
      se falamo então té mais Robsomn valeu pela dica!!!

      Excluir
  10. E aí Robson. Gostei muito das fotos. Tenho planos de fazer praticamente o mesmo percurso em novembro/2014, só que de carro. Gostaria de receber algumas dicas, e se possível seu roteiro detalhado. Se puder, por gentileza enviar para meu e-mail cristianobernabe@gmail.com ficarei muito grato. Parabens pela trip!! Abraco!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiano, se tiver algum questionamento específico posta aí, que dentro das minhas possibilidades vou procurar te ajudar. O roteiro vou ter que procurar, é um arquivo em Excel com o dia a dia da viagem. Assim que encontrar mando pro teu email. Abraço!

      Excluir
  11. Olá, tem como me enviar esse arquivo em Excel para eu fazer um roteiro e ter mais idéias? Abraço, parabéns pela viagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Leandro (e Cristiano) infelizmente não encontrei o arquivo, nesse meio tempo troquei de computadores e ele deve ter se perdido... Mas se tiverem perguntas específicas sobre montagem do roteiro podem mandar que tentarei ajudar da melhor forma possível. Aliás, já viram esse meu post sobre como fazer um roteiro de viagem?

      Excluir